THE RIGHT KING FOR THE CIVIL RIGHTS

Regina Coeli Monteiro
4th term Portuguese and English Student
Campus Méier

"A Nation that continues year after year to spend more money on military defense than on programs of Social uplift is approaching spiritual death"
Dr. Martin Luther King Jr.

Dr. King made a difference concerning his ideals in defense of the black community civil rights.

Dr. Martin Luther King Jr. was born in Atlanta in 1929. He followed his father’s footsteps and became a minister of the Baptist Church, and soon earned a Ph.D. in theology. He embarked on the civil rights leadership when he was the pastor of a Baptist Church in Alabama.

What still intrigues different nations is the surpassing attribute that distinguishes Dr. Martin Luther King Jr. from other figures that fought for the Civil Rights.

Dr. King’s figure and work are dearly admired in Brazil. Even though he and other members of the movement became victims of violence, he believed that change could and would come through a non-violent civil resistance and protest.

"He won the 1964 Nobel Peace Prize", said Silvia Gomes, a Brazilian citizen and a public institution employee of Rio de Janeiro’s city hall, Brazil. "That was because he looked after the Negro rights without a bloodbath. He was the youngest person ever to receive it. The Rio de Janeiro’s City Hall paid tribute to Dr. King and founded a public school named after him, located on Tijuca County."

"(Man) is distinguished from animals by his freedom to do evil or to do good."
Dr. Martin Luther King Jr.

Martin Luther King Jr. was assassinated on April 4th, 1968, on the Lorraine Hotel, while standing on the balcony with Jesse Jackson and Ralph Abernathy. Dr. King was shot in the neck by a rifle bullet. The Lorraine Hotel is now the National Civil Rights Museum.

Dr. King was Negro and religious. Faith is eminent for black people. Religion is a potent vehicle to make men equal.

"And when we allow freedom to ring, when we let it ring from every village and hamlet, from every state and city, we will be able to speed up that day when all of God’s children – black men and white men, Jews and Gentiles, Catholics and Protestants – will be able to join hands and to sing in the words of the old Negro spiritual, ‘Free at last, free at last; thank God Almighty, we are free at last.’"

Taken from the speech "I Have a Dream", from Dr. Martin Luther King Jr.

MARTIN LUTHER KING JR. DAY: IRRELEVANT OR IMPORTANT?

The Civil Rights Leader wrangled over segregation. Over discrimination. Over poverty. He tussled for voter’s rights. For the access to the public facilities. For education. He provoked profound changes for blacks in North American society. His importance is indisputable.

Still, the Government did not deign to delegate Dr. King to be honored with a holiday until 1986, when it was demanded that the official holiday would be on the third Monday of January, in spite of his birthday being on January 15th (in response to the criticism that the holiday would be too close to the Christmas and New Year’s).

The opposition doesn’t nod to this homage holiday and claims that there are issues concerning money. The ballpark figure for the total costs associated with lost services on the King holiday is an absurd: Eight billion Dollars for government and private sector.

Every representative group disputes a day to commemorate. Tree lovers and environmentalists would implore to have the Arbor Day as an official holiday. Commercial interests regard Valentine’s Day. Valentine’s Day.

The Third Monday of January is not just one more day to go to the beach or just hang around. It is celebrated each year with educational programs, artistic displays, and concerts throughout the United States.

THE PURPOSE OF EDUCATION
Morehouse College, 1948
By Dr. Martin Luther King

As I engage in the so-called "bull sessions" around and about the school, I too often find that most college men have a misconception of the purpose of education. Most of the "brethren" think that education should equip them with the proper instruments of exploitation so that they can forever trample over the masses. Still others think that education should furnish them with noble ends rather than means to an end.

It seems to me that education has a two-fold function to perform in the life of man and in society: the one is utility and the other is culture. Education must enable a man to become more efficient, to achieve with increasing facility the legitimate goals of his life.

Education must also train one for quick, resolute and effective thinking. To think incisively and to think for one’s self is very difficult. We are prone to let our mental life become invaded by legions of half-truths, prejudices, and propaganda. At this point, I often wonder whether or not education is fulfilling its purpose. A great majority of the so-called educated people does not think logically and scientifically. Even the press, the classroom, the platform, and the pulpit in many instances do not give us objective and unbiased truths. To save man from the morass of propaganda, in my opinion, is one of the chief aims of education. Education must enable one to sift and weigh evidence, to discern the true from the false, the real from the unreal, and the facts from the fiction.

The function of education, therefore, is to teach one to think intensively and to think critically. But education that stops with efficiency may prove the greatest menace to society. The most dangerous criminal may be the man gifted with reason, but with no morals.

The late Eugene Tallmadge, in my opinion, possessed one of the better minds of Georgia, or even America. Moreover, he wore the Phi Beta Kappa key. By all measuring rods, Mr. Tallmadge could think critically and intensively; yet he contends that I am an inferior being. Are those the types of men we call educated?

We must remember that intelligence is not enough. Intelligence plus character–that is the goal of true education. The complete education gives one not only power of concentration, but worthy objectives upon which to concentrate. The broad education will, therefore, transmit to one not only the accumulated knowledge of the race but also the accumulated experience of social living.

If we are not careful, our colleges will produce a group of close-minded, unscientific, illogical propagandists, consumed with immoral acts. Be careful, "brethren!" Be careful, teachers!

Dr. Martin Luther King Jr.

O LÍDER DIREITO PELOS DIREITOS CIVIS

Regina Coeli Monteiro
Aluna do 4º período de Português e Inglês
Campus Méier

"Uma Nação que continua, ano após ano, a gastar mais dinheiro em proteção militar do que em causas Sociais está à margem da morte espiritual."
Dr. Martin Luther King Jr.

Dr. King fez a diferença quando endereçou o seu ideal para a defesa dos direitos civis da comunidade negra.

Dr. Martin Luther King Jr. nasceu em Atlanta, em 1929. Ele seguiu os passos de seu pai e tornou-se Ministro da Igreja Batista, e logo adquiriu o Pós-Doutorado em Teologia. Ele tomou parte da liderança dos Direitos Civis quando era pastor de uma Igreja Batista no Alabama.

O que ainda intriga as diferentes nações é o avantajado atributo que distingue Dr. Martin Luther King Jr. de outras figuras que lutaram pelos Direitos Civis.

A imagem do Dr. King e seu trabalho são carinhosamente admirados no Brasil. Mesmo que ele e outros membros do movimento tenham se tornado vítimas da violência, Luther King Jr. acreditava que a mudança poderia e iria se consolidar através do protesto "não-violento" e da resistência civil.

"Ele ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1964", disse Silvia Gomes, cidadã brasileira e funcionária pública da Prefeitura do Rio de Janeiro, Brasil. "Isto porque cuidou dos direitos do Negro sem derramamento de sangue, sendo a pessoa mais jovem a receber tal premiação. A Prefeitura do Rio de Janeiro homenageou o Martin Luther King Jr., fundando uma escola pública que leva seu nome, localizada no bairro da Tijuca."

"(O Homem) distingue-se dos animais pela liberdade para fazer ou o bem ou o mal"
Dr. Martin Luther King Jr.

Martin Luther King Jr. foi assassinado em 4 de abril de 1968, no Hotel Lorraine, quando estava na varanda do quarto com Jesse Jackson e Ralph Abernathy. Dr. King foi morto com um tiro de espingarda no pescoço. O Hotel Lorraine é hoje o Museu Nacional dos Direitos Humanos.

Dr. King era negro e religioso. A fé é eminente para as pessoas negras. A religião é um veículo potente para tornar os homens iguais.

"E quando nós permitirmos que ecoe a liberdade, quando nós a deixarmos ecoar de cada vila e lugarejo, de cada Estado e Cidade, nós seremos capazes de acelerar o dia em que todas as crianças de Deus – homens negros e brancos, Judeus e Pagãos, Católicos e Protestantes – serão capazes de dar as mãos e cantar nas palavras do velho hino negro, ‘Livre, enfim; graças à Deus nas alturas, nós estamos livres enfim’"

Do discurso "I Have a Dream" ("Eu tenho um sonho"), por Dr. Martin Luther King Jr.

O DIA DE MARTIN LUTHER KING JR.: IRRELEVANTE OU IMPORTANTE?

O Líder dos Direitos Civis combatia a segregação, a discriminação, a pobreza. Ele contendeu pelos direitos do voto. Pelo acesso às facilidades públicas. Pela educação. Ele incitou profundas mudanças para os negros na sociedade da América do Norte. Sua importância é irrefutável.

Entretanto, o Governo não condescendeu a nomeação do Dr. King para ser honrado com um feriado até 1986, quando foi exigido que o feriado oficial fosse na terceira segunda-feira de janeiro, apesar do seu aniversário ser no dia 15 do mês em questão (em resposta às críticas de que o feriado estaria muito próximo da semana do Natal e do Ano Novo).

A oposição não "diz amém" para esse feriado "homenageador" e alega que há questões envolvendo dinheiro. A estimativa para o custo total associado com as perdas de serviços no feriado do Dr. King é um absurdo: oito bilhões de dólares para o Governo e os setores privados.

Todos os grupos de representantes disputam um dia para comemorar. Os amantes das árvores e ambientalistas iriam implorar para ter o dia da árvore como um feriado oficial. Grupos com interesses comerciais visando o dia dos namorados fariam o mesmo.

A terceira segunda-feira de janeiro não é só mais um dia para ir à praia ou passear. È celebrado todo ano com programas educacionais, exibições artísticas e concertos pelos Estados Unidos afora.

O PROPÓSITO DA EDUCAÇÃO
Faculdade de Morehouse, 1948
Por Dr. Martin Luther King Jr.

"No momento em que eu me comprometo nas chamadas ‘sessões sem sentido’, por toda a faculdade e sobre ela, eu também, por várias vezes, concluo que a maioria dos universitários tem uma concepção errada sobre o propósito da educação. A maioria dos ‘membros’ pensam que a educação deve equipá-los com o instrumento próprio para a exploração para que eles possam pisar em todo mundo. E tem aqueles que pensam que a educação deveria compô-los com fins nobres mais do que com meios para um fim.

Parece-me que a educação tem duas funções enlaçadas atuando na vida de um homem e em sociedade. A primeira é a utilidade e a outra é a cultura. A Educação deve proporcionar ao homem mais eficiência e a alcançar com crescente facilidade os objetivos legítimos de sua vida.

A Educação deve também treinar o homem para a agilidade, raciocínio resoluto e eficiente. Pensar incisivamente e pensar para si mesmo é muito difícil. Nós estamos dispostos a deixar nossa vida mental ser invadida por legiões de ‘meias-verdades’, preconceitos e propagandas. A esta altura, eu tento descobrir se a educação está ou não está preenchendo esse propósito. Uma grande maioria dos tão aclamados estudiosos não pensa lógica e cientificamente. Até mesmo na mídia, na sala de aula… A plataforma política e a tribuna em muitos exemplos não nos dão uma verdade objetiva e imparcial, livre de preconceitos. Salvar o homem da lambança da propaganda, em minha opinião, é um dos pontos chave da educação. A Educação deve proporcionar a capacidade de indagar e de pesar as evidências, de discernir o verdadeiro do falso, o real do irreal, e os fatos das ficções.

A função da educação, então, é ensinar a pensar intensamente e a pensar com senso crítico. Mas a educação que pára na eficiência pode revelar o grande fantasma da sociedade. O mais perigoso criminoso pode ser o homem dotado de razão, mas sem moral alguma.

O recente Eugene Tallmadge, em minha opinião, possuía uma das mentes mais brilhantes da Geórgia, ou até mesmo da América. Mais tarde, ele escreveu a "Phi Beta Kappa Key". Por todos os padrões, O Sr. Tallmadge pode ter pensado critica e intensivamente, mais ainda sim ele sustenta que eu sou um ser humano inferior. São esses os estudiosos?

Devemos lembrar que inteligência não basta. Inteligência adicionada a um bom caráter. Esse é o objetivo da educação de verdade. A educação completa dá ao homem não só o poder de concentração, mas objetivos que valham a pena tal concentração. A educação categórica irá, por isso, transmitir ao homem não só o conhecimento acumulado da raça, mas também a experiência acumulada da vivência social.

Se nós não formos cuidadosos, nossos colegas produzirão um grupo de mentes fechadas, não-científicas, ilógicas propagandistas, dissipadoras dos atos imorais. Tomem cuidado, ‘membros’! Tomem cuidado, professores!"

Dr. Martin Luther King Jr.

Endereço para correspondência:
reginacoelim@hotmail.com